A MÁQUINA DO TEMPO.

E se pudéssemos fazer com que os mesmos se repetissem várias vezes?

Titulo da Imagem Titulo da Imagem

CRIACIONISMO E EVOLUCIONISMO, AS VÁRIAS PERGUNTAS SEM RESPOSTA.

Destas duas vertentes, criacionismo e evolucionismo, traz consigo muito mais perguntas do que respostas propriamente dita.

Titulo da Imagem Titulo da Imagem

O ELOGIO EM DEMASIA É PREJUDICIAL?

Quão ingratos seriamos se disséssemos que não gostamos disso. Claro que gostamos!

Titulo da Imagem Titulo da Imagem

NA BATALHA DA VIDA, DEPENDEMOS UNS DOS OUTROS.

Em meio a uma batalha aparentemente infindável, muitos tem agido com desleixo com relação a aquilo que lhe foi confiado.

Titulo da Imagem Titulo da Imagem

ALERTA, SUPERTEMPESTADE SOLAR PODE ATINGIR A TERRA.

ALERTA-SUPERTEMPESTADE-SOLAR-PODE-ATINGIR-A-TERRA.
Um alerta preocupante vindo da Academia Real de Engenharia do Reino Unido causa temor ao redor do mundo. Segundo relato, Uma supertempestade solar pode atingir a Terra a qualquer momento. A previsão assustadora do fato de que, os cientistas só poderão saber 30 minutos antes de ocorrer a tal tempestade.

O efeito pode ser devastador. Segundo o autor do estudo, uma tempestade dessas dimensões só ocorre a cada 150 anos. O cientista também afirma que os governos precisam ter um plano de emergência para enfrentar um apagão longo e de grandes proporções.

Segundo publicação do jornal "Huffington Post", os pesquisadores anunciaram que essa supertempestade é um evento de proporções raras. Isso porque erupções solares responsáveis por causar tempestades na Terra são muito comuns. Porém essa que se aproxima deve ser parecida com o Evento de Carrington, que ocorreu no dia 1 de setembro de 1859. Nesta ocasião, os postos de telégrafo pegaram fogo e as redes tiveram grandes interrupções. Também foram registrados distúrbios no campo magnético da Terra.

Mesmo sendo um evento inevitável, a Academia Real de Engenharia da Grã-Bretanha sugere que o governo crie um conselho de clima espacial a fim de desenvolver uma estratégia para lidar com tal fenômeno.

Nos Estados Unidos, uma gigantesca liberação de partículas geomagnéticas vindas do Sol poderia destruir mais de 300 dos 2.100 transformadores de alta voltagem que são a espinha dorsal da rede, segundo a Academia Nacional de Ciências dos EUA.

O Sol está entrando em um período de atividade intensa, chamado de "máximo solar", que deve atingir seu auge ainda este ano (2013). Por isso, há um ímpeto por parte de um grupo de agências federais para buscar maneiras de preparar os EUA para uma grande tempestade solar.

A detecção foi obtida por um satélite lançado pela Nasa em 1997 chamado Advanced Composition Explorer (ACE). Ele pode emitir um aviso com 15 minutos de antecedência ao perceber uma Ejeção de Massa Coronal, o que corresponde a uma nuvem de plasma de partículas carregadas. É considerada a mais agressiva em uma tempestade solar.

O fato de se tratar de um satélite já envelhecido, torna-o bastante preocupante, pois o ACE já está em órbita há 16 anos, existindo assim uma possibilidade de que o mesmo falhe. Pensando nisso, a Nasa pretende lançar ano que vem o substituto, chamado Discover.
>

2 comentários:

Flávio Guedes disse... [Responder comentário]

Lucas 21:25
25 - E haverá sinais no sol e na lua e nas estrelas; e na terra angústia das nações, em perplexidade pelo bramido do mar e das ondas.
Lucas 21:26
26 - Homens desmaiando de terror, na expectação das coisas que sobrevirão ao mundo; porquanto as virtudes do céu serão abaladas.

Rodrigo Max disse... [Responder comentário]

@Flávio Guedes
Pois é meu amigo, os últimos acontecimentos vem mostrando claramente que as escrituras estão se cumprindo e está chegando a hora.

Postar um comentário

Receba nossas atualizações:


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


 
Design by Free WordPress Themes | Bloggerized by Lasantha - Premium Blogger Themes | Lady Gaga, Salman Khan